Fatores que retardam o envelhecimento cerebral e a Doença de Alzheimer tratados na Dieta Ortomolecular



O envelhecimento cerebral se dá por vários fatores: e comportamentais genéticos, ambientais, alimentares e doenças associadas.


A genética sem dúvida é um dos fatores do aparecimento desta doença, mas não é o mais importante!!. Em geral uma predisposição genética aliada a fatores ambientais e comportamentais facilita o aparecimento da mesma.


Os sintomas mais frequentes da Doença de Alzheimer são:
-Esquecimento.
-Dificuldades para contas.
-Se perder em locais conhecidos.
-Trocar nome de membros da família.
-Recordação de fatos passados alteradas.
-Paciente repetitivo.
-Esquecimentos de coisas importantes      como desligar o fogão.


O Alzheimer é uma doença degenerativa progressiva de evolução variável!

 

Fatores ambientais como intoxicação por alumínio podem comprovadamente evoluir para demência de Alzheimer principalmente na raça judia.

 

O estresse é fator desencadeante e de manutenção. No estresse surgem radicais livres que bombardeiam as células, as envelhecem e as degeneram.

 

É o estresse oxidativo.


O tabagismo reduz o lúmen das artérias e sua circulação cerebral.


O excesso de colesterol, também obstrue as artérias cerebrais.


O álcool com suas lesões sobre os neurônios cerebrais e sua produção de radicais livres também é fator determinante da doença.


Fatores de doenças associados são carência de vitamina B12-,que afeta os neurônios,
Hipotireoidismo ,que leva da disfunção cerebral .


Hipertensão arterial,onde existe uma circulação cerebral deficiente.


Nos diabéticos por comprometimento arterial e oxidação cerebral em excesso.

 

Fatores alimentares são os mais importantes .Pois são mantidos durante todos os dias.


O excesso de :doces,açúcares,chocolates,massas,pães e tortas são maléficos para o cérebro.

 

Na realidade deve-se reduzir todos os  carboidratos  !!!

 

O ideal é alimentar-se com frutas (poucas ao dia—2) verduras,legumes,peixes ,frangos e castanhas.Azeite é benvindo.

 

Os melhores alimentos são:

 

Abacate, azeite, tomate, salmão, ovos, frutas vermelhas, romã,uva,brócolis,espinafre,café,chá verde,arenque e sardinha, pimentas e temperos como açafrão e cúrcuma .

 

Em resumo para evitar a degeneração do cérebro:
-boa alimentação.

-atividade física
-vida tranquila
-meditação
-evitar comorbidades(diabetes ,hipertensão arterial , e excesso de colesterol ,tabagismo, e álcool.

 


A atividade física é obrigatória. Caminhar é excelente. Os neurônios se multiplicam após a atividade física.


Sabemos que o cérebro tem plasticidade, isto é se regenera e pode produzir novos neurônios após a oxigenação da atividade   física.


Dra. Sylvana Braga –Autora do livro Dieta Ortomolecular.



Dra. Sylvana Braga
Pós Graduada em Ortomolecular, Reumatologia, Fisiatria, Clínica Médica, Antienvelhecimento e Estética Ortomolecular.
Autora do Livro Dieta Ortomolecular.








líbero+

Copyright © Dieta Ortomolecular - Dra. Sylvana Braga - Todos os direitos reservados